top of page
  • Ivye Muniz

2022 e a falta dos eventos presenciais.

Não é novidade para ninguém que depois que a pandemia assolou todo o mundo, os eventos passaram a ser onlines e até o momento atual, muitos deles não têm previsão de volta presencial. De uma maneira completamente justificada, precisamos preservar a saúde de todo mundo e conter esse monstro que é a Covid-19, mas vamos ser sinceros? O evento presencial, a troca, o relacionamento e o networking a cada dica que passa se torna mais e mais fraco, fazendo com que vários empreendedores comecem suas empresas sem muito o que explorar.


Antes dessa onda de vírus e variantes, os eventos para empreendedores eram vastos, você podia escolher dentre várias opções, qual o melhor evento que você poderia comparecer e começar a fazer a sua rede de contatos triplicar em apenas um fim de semana. Hoje, já notamos uma dificuldade imensa de participação nos eventos onlines que já perderam sua força há muito tempo.



A nossa reflexão tem sido se as empresas realmente continuarão insistindo nos eventos à distância mesmo que a quantidade de participação seja muito inferior aos eventos presenciais. A cada dia que passa mais um evento online é lançado e frustrado ao final.


Particularmente ficamos em cima do muro, porque a saúde pública precisa ser nossa prioridade hoje e sempre, mas ao mesmo tempo, os eventos online não dão a experiência que nós, meros mortais, merecemos. Precisamos do olho no olho, de sentir realmente a emoção daquela palestra que motiva a gente a querer mais.


Por aqui continuamos com a pulga atrás da orelha: será que as empresas vão passar a abrir mão dos eventos presenciais ou o aumento dos eventos vai ser uma realidade? O empreendedor hoje tem mais dificuldade de criar networking que antes da pandemia? Dúvidas cruéis que fazem a gente pensar bastante!


Conta aqui pra gente o que você acha que vai acontecer!

19 views0 comments

コメント


bottom of page