top of page
  • Ivye Muniz

Como o hate pode afetar negativamente os consumidores: o caso do banco Nomad e Fábio Porchat


O Marketing é uma das ferramentas mais importantes para uma empresa alcançar sucesso no mercado. No entanto, uma campanha de marketing pode gerar reações negativas dos consumidores, especialmente quando o posicionamento da marca ou do embaixador escolhido é controverso.

Foi isso que aconteceu com a fintech Nomad e o humorista Fábio Porchat, que recentemente foram alvos de ataques de consumidores conservadores. O banco escolheu Fábio Porchat como embaixador de sua marca, valorizando sua personalidade descontraída e divertida. No entanto, Porchat é conhecido por suas opiniões progressistas e, em algumas situações, controversas, o que desagradou a alguns consumidores. Esses clientes atacaram a Nomad Global nas redes sociais, chegando inclusive a colocar reclamações no site Reclame Aqui, afirmando que a empresa estava apoiando ideias contrárias às deles e ameaçando cancelar suas contas.




Este é um exemplo de como uma campanha de marketing pode ser afetada por questões polêmicas, gerando um impacto negativo na percepção de uma marca. Entretanto, as empresas escolhem o seu posicionamento de acordo com seus valores e objetivos comerciais, como a Nomad disse na resposta à reclamação. Contudo, isso afeta a marca, mas também afeta os próprios consumidores, pois quando eles decidem cancelar suas contas ou deixar de consumir produtos ou serviços por causa de questões controversas, renunciam a um bem ou serviço que atendia a suas necessidades e desejos, o que pode ser frustrante e levar a uma sensação de perda.


No caso de um banco, como o Nomad, é importante levar em consideração que boicotar uma instituição financeira - que foi o que aconteceu nesse caso, mas podendo ser uma marca de um modo geral - pode não ser a escolha mais inteligente ou vantajosa para as finanças dos consumidores, podendo gerar literalmente perdas. Por que isso pode acontecer? Pois ao optar por essa atitude, eles podem estar perdendo a oportunidade de aproveitar descontos, taxas de juros mais baixas, condições de empréstimo mais favoráveis e outros benefícios financeiros. Então, é importante equilibrar suas crenças e valores com suas necessidades financeiras ao tomar decisões de consumo.


No aspecto do Marketing, fica a lição de sempre pensar muito bem na estratégia a ser seguida na hora de escolher embaixadores e posicionamento de marca, já que afinal de contas, o marketing tem como objetivo alcançar o público-alvo de uma empresa de maneira eficaz, ajudando a aumentar a visibilidade e a presença de uma marca no mercado, além de aumentar a fidelidade dos clientes e a satisfação dos consumidores. E nesse aspecto, o tiro saiu pela culatra.




436 views1 comment
bottom of page