top of page
  • Ivye Muniz

Como a criação de conteúdo pode livrar marcas do cancelamento?



Ligou o celular, abriu o aplicativo da rede social, selecionou a foto ou escreveu o texto e clicou em "publicar". Isso é bem rápido e fácil, não é? Esse caminho é feito diariamente não apenas para a diversão de milhares de usuários, mas também pela necessidade das marcas e empresas.


Em tempos de Instagram, Twitter, TikTok e tantas outras redes, a criação de conteúdo é essencial para manter a presença online de uma marca. Um post pode converter usuários das redes sociais em seguidores fiéis, mas em alguns casos, uma publicação mal comunicada pode afastar potenciais clientes e, até mesmo, prejudicar a imagem de uma empresa.

Um exemplo de uma publicação que gerou consequências negativas não somente para uma marca, mas para os artistas e influenciadores envolvidos com ela, foi a campanha "#MinhaÚltimaMúsica" da rádio Jovem Pan. Em 2018, para o dia da Luta Contra a Homofobia em 17 de Maio, a rádio convidou ouvintes e internautas a compartilharem qual seria a última música que pediriam caso fossem a próxima vítima de homofobia.


A ação foi considerada insensível pelo público-alvo na internet, e a cantora Pabllo Vittar, muito ativa nas redes, teve sua participação na iniciativa questionada pelos fãs. Em um verdadeiro plot twist, a artista drag queen comunicou aos seus seguidores que um membro de sua equipe havia feito a publicação sem o seu consentimento. Garantindo aos fãs em diversos tweets que jamais participaria de algo assim, a cantora pediu desculpas e comunicou que a pessoa responsável pela publicação já havia sido dispensada.

Quem também se viu em maus lençóis foi o rapper Kanye West. Em 2022, ele teve contratos suspensos após publicações consideradas desrespeitosas para diversas causas sociais como o combate ao racismo, feitas no Twitter e no Instagram. A gigante Adidas, que produzia os tênis da coleção Yeezy do artista, foi uma das marcas a terminar as relações com o rapper.



Na hora de publicar em um perfil oficial nas redes sociais, a marca e a equipe responsável devem levar em consideração aspectos importantes, como a escolha e o planejamento das pautas, sempre considerando o que é de interesse do seu público-alvo e como melhor comunicar a mensagem a ele. Uma dica é pesquisar como o público da marca debate ou conversa sobre os diversos temas que podem se tornar pautas.


Se a marca ou a empresa quiser acertar em cheio com a presença online, o ideal é garantir um bom conteúdo. Por isso, apertar o "publicar" antes de pensar sobre o que está sendo postado está fora de cogitação.


Aqui na Iv. o cuidado com as pautas, textos e imagens relacionados à uma marca são tratados como prioridade e essenciais para a comunicação entre empresa e cliente 😉

5 views0 comments
bottom of page